Vinho – Da Uva à Garrafa – Dias Cardoso lança 2.ª edição de obra sobre o vinho

É um livro de leitura fácil, conjugando aspectos teóricos de base com a aplicação prática dos temas abordados.

Lançada a primeira edição da obra “Vinho – Da Uva à Garrafa”, há muito esgotada, em 2007, António Dias Cardoso publica agora uma segunda edição, revista, aumentada e melhorada do livro.

É uma das mais completas obras,  escritas em português, a expressar o contexto vitivinícola português, convidando-nos a uma viagem desde a uva, sua composição, maturação e vindima; às operações fermentativas, diferentes vinificações incluindo, naturalmente, o espumante. Passando pela fermentação alcoólica e maloláctica, conservação, clarificação, estabilização e engarrafamento, não esquecendo os aspectos relacionados com as doenças, contaminação microbiológica e higiene dos equipamentos e instalações, numa abordagem completa e com elevado rigor técnico-científico, não descurando sequer as notas sobre as provas de vinho.

É um livro de leitura fácil, conjugando aspectos teóricos de base com a aplicação prática dos temas abordados. Destina-se a um público vasto, desde profissionais do sector a estudantes e mesmo amadores que procurem mais conhecimento sobre o vinho.

A obra, cuja publicação tem o patrocínio da Quinta dos Abibes, empresa Vitivinícola de referência da Bairrada, será apresentada no próximo dia 7 de Janeiro, pelas 17 horas, no Auditório do Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

 

Biografia

António Manuel Dias Cardoso, engenheiro agrónomo, licenciado pelo Instituto Superior de Agronomia – Universidade de Lisboa.

Assistente do Instituto de Investigação Agronómica de Angola, de 1970 a 1975, Vogal da Comissão Administrativa da Cobai – Cooperativa de Hortofruticultores da Bairrada, em Cantanhede, de 1975 a 1977, data em que ingressa na Estação Vitivinícola da Beira Litoral, em Anadia. Foi um dos fundadores da Confraria dos Enófilos da Bairrada, em 1979. Foi Director daquela Estação de 1985 a 1990, sendo ainda consultor técnico das Caves São João e Caves Messias, tendo nesta assumido o cargo de Director Geral de Produção. Membro da delegação portuguesa às reuniões e Congressos da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho) durante mais de 20 anos. Em colaboração com o ex-ICEP (Instituto do Comércio Externo de Portugal), participou em ações de promoção dos vinhos portugueses na Europa e em diversos países de outros continentes, designadamente, Brasil, Estados Unidos, Canadá e Japão.

Autor de diversos artigos técnicos publicados em revistas nacionais e internacionais, publicou ainda a Tecnologia dos Vinhos Tintos (2005), Tecnologia dos Vinhos Espumantes (2005), O Vinho – Da Uva à Garrafa (2007), Caves da Bairrada – Elementos da sua História (2017) e Demarcação da Bairrada – Um Percurso Atribulado (2019).