Quinta da Lagoa Velha Espumante Bruto

Quando Tavares da Silva, há 130 anos, deu corpo ao sonho de tornar a Bairrada uma região de espumantes, tinha em mente dois propósitos: criar vinhos espumantes de qualidade e democratizar o seu consumo, tornando a bebida mais acessível.

Ambos os propósitos foram alcançados e, pelo menos na Bairrada, o espumante passou a fazer parte do quotidiano das nossas casas e o seu consumo passou a ser um hábito diário.

Convenhamos, o espumante é o mais versátil dos vinhos e nem precisamos procurar grandes razões para que ele nos acompanhe de manhã à noite como bebida de todas as ocasiões.

É a pensar neste consumo descomplexado que a Quinta da Lagoa Velha lança agora esta versão com nova imagem e conteúdo melhorado do seu espumante LAGOA VELHA. Com uma bolha persistente, fina e vigorosa, o espumante surge no nariz inicialmente com notas de citrinos mais ácidos, evoluindo para notas de casca de tangerina muito agradáveis, sugerindo até uma positiva evolução que sabemos não ter fruto de um estágio em garrafa de cerca de 9 meses.  Na boca surge fresco, envolvente, cremoso e, sobretudo, com uma enorme vertente gastronómica, podendo ser bem casado com pratos de peixe ou carne.

A Quinta da Lagoa Velha não só mudou a imagem, como está a tornar-se mais ambiciosa com a qualidade dos seus vinhos e os seus consumidores só têm a agradecer.

Uma casa a seguir com muita atenção, pois vêm aí mais novidades.