Messias Grande Reserva – Baga Bairrada 2014

Na génese do projecto Baga Bairrada estavam duas premissas. Uma delas visava criar um espumante com características distintas, com regras de produção e uma identidade  muito próprias. A outra era de assegurar um estilo bairradino de criação de um espumante de uvas tintas e perspectivar a sua afirmação nos mercados nacional e internacional.

Tendo completado 36 meses de estágio em Abril do corrente ano, as que mais recentemente fizeram o degorgement  já ultrapassam os 40 meses de estágio, e, acreditem, faz muita, muita diferença!

No início, houve ainda alguma timidez em regulamentar o tempo mínimo de estágio. Contudo, houve uma empresa que constatou que um produto só podia afirmar-se pela exclusividade, aliada à qualidade, se elevasse o tempo de estágio do seu espumante Blanc de Noir de Baga aos píncaros. Porque só o tempo cria o belo, as Caves Messias lançaram o seu primeiro Baga Bairrada 2012 com mais de 3 anos de estágio. O sucesso foi instantâneo e o espumante esgotou nas prateleiras num ápice.

E porque o sucesso foi evidente e marcou uma tendência dos grandes espumantes da uva tinta rainha da região, não houve condescendência na mais recente edição deste Messias Baga Bairrada de 2014. Tendo completado 36 meses de estágio em Abril do corrente ano, as que mais recentemente fizeram o degorgement  já ultrapassam os 40 meses de estágio, e, acreditem, faz muita, muita diferença!

É um espumante de um acobreado pálido, que mostra inicialmente uma bolha dispersa, mas que rapidamente se concentra num cordão de uma bolha fina e persistente. No nariz, mostra desdém à vulgaridade, assumindo a complexidade de frutos secos torrados, pétalas secas, brioche. Na boca não engana! É um Baga pleno de frescura, equilíbrio de acidez, com uma mousse envolvente e cremosa e uns notórios frutos vermelhos.

Continua a ser, provavelmente, o grande Baga Bairrada do projecto que vai de vento em pôpa.